Em 2020, reiteramos nossa insistência na pesquisa sobre a noção de pulsão e suas consequências na clínica, em particular no que tange à psicopathologia da infância. Continuaremos leituras e discussões que nos informem sobre os modos de estruturação psíquica e o mal estar na infância, sem esquecer as particularidades do nosso tempo. Daremos sequência ao estudo e pesquisa sobre as pulsões, em especial à pulsão invocante e seu objeto a voz: na clínica pulsional do bebê, na clínica com a criança autista e na clínica da psicose na infância.

Acreditando que este estudo se insere no tema geral da Escola para 2020, ‘A escrita do fantasma’, vamos continuar utilizando o espaço deste seminário para pensar, com mais alguns, a partir dos textos de Freud, Lacan e psicanalistas contemporâneos, os modos pelos quais o sujeito se constitui frente ao encontro com o campo da alteridade, o que há de particular na clínica com a criança pequena, seus impasses na constituição subjetiva e suas escolhas frente ao Outro.

Inês Catão
Início: 2 de março
Brasília/DF – Primeira segunda-feira de cada mês às 20h30 (mensal)
Este seminário será transmitido também por Skype (cataoines) mediante solicitação de participação.