Sintoma e mal-estar – Jornada 2018

Eis aqui, no meu entender, a questão decisiva para o destino da espécie humana: se o seu desenvolvimento cultural conseguirá e, em caso afirmativo, em que medida fazer frente às perturbações da convivência da vida coletiva que provém da humana pulsão de agressão e de autodestruição.
FREUD, S. “Mal-Estar na cultura”

 

A questão da Escola Letra Freudiana em 2018, “Sintoma e Mal-Estar”, nos coloca diante de problemas cruciais de nossa época frente aos quais o discurso do analista não deve recuar. Com Freud, Lacan assinala que é do mal-estar que procede nossa experiência.

Em 1967, na “Proposição sobre o psicanalista da Escola”, Lacan escrevia: “Nosso futuro de mercados comuns encontrará sua balança numa extensão cada vez mais dura dos processos de segregação”. O futuro dos mercados chegou presentificando-se pelo discurso capitalista e seus efeitos. Ele avança ferozmente rasgando inúmeros acordos e tratados simbólicos, culminando numa ameaça real à democracia. Seus efeitos destrutivos se presentificarão cada vez mais por vias forclusivas? Seria a violência uma resposta sintomática a Isso?

O sofrimento nos ameaça por três lados: desde o próprio corpo que, condenado à decadência e à aniquilação, não pode prescindir dos signos de alarme que representam a dor e a angústia; do mundo exterior, capaz de se encarnar em nós com forças destrutivas onipresentes e implacáveis; por fim, das relações com outros seres humanos.

 

O sofrimento que emana desta última fonte talvez nos seja mais doloroso que qualquer outro…
FREUD, S. ”Mal-estar na cultura”.

 

Um significante só tem sentido em relação a outro significante. Isso articula a verdade do sintoma. O seu sentido é o Real da não relação sexual.  No matema do discurso capitalista, S1 está no lugar da verdade, furo do Real. A trama do sintoma segue sendo da ordem do estofo linguageiro, isso o mercado não abole. “O sintoma… é a verdade, por ser talhado na mesma madeira de que ela é feita, se afirmamos materialisticamente que a verdade é aquilo que se instaura a partir da cadeia significante”. (LACAN, J. “Do sujeito enfim em questão”). O saber inconsciente inventado a partir da moterialidade da copulação dos significantes, maneira como cada um goza do inconsciente, é ainda sustentável como sintoma da intervenção do analista. O momento atual nos desafia ao necessário de escrever RSI enquanto resposta sintomática ao inconsciente freudiano na contemporaneidade. O analista depende do Real.

 

Tudo depende de se o real insiste. Somente por isso, é preciso que a psicanálise fracasse. É preciso reconhecer que ela toma esse caminho e que tem, portanto, boas chances de continuar sendo um sintoma, de crescer e se multiplicar. Psicanalistas não mortos, segue carta!
LACAN, J. “A Terceira”

 

Na Reunião d’Escola do dia 11 de setembro foram produzidas cinco propostas de enodamento para vetorizar as plenárias. Os eixos de enodamento não se propõem fixos e podem ser amarrados na linha do trabalho que cada um desejar, sendo também bem-vindos outros nós que venham a surgir:

– Sintoma Angústia Fantasma

– Sintoma Inconsciente Objeto a

– Cultura Mal-Estar Pulsão de Morte

– Sinthoma Lalangue Escrita

– Discursos Escola Mal-Estar

Aqueles que desejam apresentar trabalho, por favor, encaminhem o título e o resumo até o dia 16 de outubro de 2018 para: jornada2018@qa.homemmaquina.com.br.

O trabalho final deve ser encaminhado até o dia 19 de novembro de 2018 para o mesmo email.

 

Data da Jornada: 7 e 8 de dezembro de 2018

Local: Hotel Everest – Rua Prudente de Morais, 1117 – Ipanema – RJ

Contato: Marli – Secretaria da Escola Letra Freudiana – Tel: (21) 2522-3877 – Rua Barão de Jaguaripe, 231, Ipanema. RJ – Cep: 22421-000

 

Taxa de Inscrição:

Membros:

Valor único até 30/11/ 2018: R$ 375,00

3 parcelas de R$125,00: a primeira até 02/10/ 2018, a segunda até 02/11/2018 e a terceira até 02/12/2018.

2 parcelas de R$187,50: a primeira até 02/11/ 2018 e a segunda até 02/12/2018.

A partir de 30/11/2018: R$ 400,00.

Participantes:

Valor único até 30/11/2018: R$ 270,00.

3 parcelas de R$90,00: a primeira até 02/10/ 2018, a segunda até 02/11/2018 e a terceira até 02/12/2018.

2 parcelas de R$135,00: a primeira até 02/11/ 2018 e a segunda até 02/12/2018.

A partir de 30/11/2018: R$ 290,00.

 Estudantes:

Parcela única: R$ 120,00

Os estudantes deverão enviar, com o comprovante de pagamento/depósito, a declaração da faculdade.

                            

Pelo Colegiado
Campo da Extensão
Nestor Torralbas